Dermolipectomia do Braço

A dermolipectomia braquial, como é classificada cientificamente, é indicada para eliminar o excesso de pele que afeta a parte posterior do braço.

 

O problema pode ser ocasionado com o passar da idade ou ainda após grandes processos de emagrecimento. Depois da perda excessiva de gordura, a pele da parte posterior do braço não contrai o suficiente, resultando em flacidez nesta região.

 

O procedimento cirúrgico não é tão complicado, sendo o paciente liberado após 24 horas. Os resultados são alcançados em um período médio de seis meses.

 

No primeiro mês após a cirurgia, é importante que o paciente evite movimentos excessivos dos braços, principalmente o ato de levantá-los. Isso porque o movimento força a região da axila, onde se encontra a cicatriz.

 

As complicações são raras, mas podem ocorrer hematoma, ceroma, infecção, necrose, abertura dos pontos, quelóide (em pacientes com predisposição), trombose, embolia e problemas anestésicos. Por isso é importante seguir todas as orientações médicas antes e depois do procedimento cirúrgico, além, é claro, de recorrer a profissionais especializados e capacitados.

 

Pacientes fumantes devem evitar o cigarro por certo período, assim como o uso de qualquer medicamento anticoncepcional, seja oral ou injetável.

 

 

Recomendações                                                                   

 

Antes da cirurgia
- Não consumir bebidas alcoólicas ou alimentos pesados na véspera da cirurgia
- Qualquer medicamento para emagrecer ou diuréticos deve ser evitado pelo menos 20 dias antes do ato cirúrgico, assim como remédios à base de ácido acetilsalicílico
- Se é fumante, evitar o cigarro pelo menos 15 dias antes do procedimento cirúrgico
- Jejum de oito horas antes do horário marcado para a cirurgia
- Se eventualmente ocorrer alguma gripe ou outra indisposição, o paciente deve comunicá-la até dois dias antes da cirurgia

 

Depois da cirurgia
- Atividades que exigem esforço devem ser evitadas por 30 dias. Procure não elevar os braços nem carregar peso para que não haja tração excessiva na axila, onde fica a cicatriz
- Evitar a exposição ao sol por um período de dois meses
- Evitar molhar o curativo nos primeiros dias
- Não fazer uso de remédios à base de ácido acetilsalicílico nos primeiros 20 dias
- Não se expor ao sol, por um período mínimo de 8 semanas
- Evitar fumar por, ao menos, 15 dias depois da cirurgia
- Em pacientes obesas podem ocorrer na primeira semana a eliminação de um líquido amarelado por alguns pontos da cicatriz. Trata-se da lipólise, que não representa nenhuma complicação
- Alimentação normal

 

 

                                                                                       

Contato

Links Úteis

Georgina Business Park

Avenida Benedito Rodrigues Lisboa, 2675 - Edificio Milan Sala 111B

Jardim Vivendas - CEP 15090-370

São José do Rio Preto/SP

(17) 3363.6380 | (17) 9 9144.6267

Horário de Atendimento:

Clínica: 10h às 18h | Whatsapp: 10h às 17h

Please reload